13 de jan de 2011

O ESCRITOR E JORNALISTA LEO CUNHA COMPLETA 20 ANOS DE LITERATURA E POESIA

Bom, amigos, vamos lá!
Nada melhor do que começar o ano com boas novas e, claro, iniciar nosso blog da regional mineira da AEI-LIJ com um brinde de bom motivo!

Nesse 2011 que se inicia, nosso companheiro Leo Cunha, escritor e jornalista, doutor em cinema pela UFMG, mineiro de Bocaiúva e residente em Belo Horizonte desde 1969, completa 20 anos de carreira dedicados a literatura infantil e juvenil, com mais de 40 títulos publicados, traduções e antologias poéticas, crônicas e contos. Dentre eles Em Boca Fechada não Entra Estrela, publicado na Revista Alegria da Editora Abril em junho de 1991, dando início a sua longa estrada que, agora, o torna um veterano das letras. Posteriormente, Em Boca Fechada não Entra Estrela torna-se livro, pela Ediouro, com ilustrações de Roger Mello.

foto divulgação
Nesse tempo, Leo Cunha vem fazendo diversos parceiros, como  Luiz Antônio Aguiar, Pedro Bandeira, Rosana Rios, Rogério Andrade Barbosa, Rosa Amanda Strausz, Ricardo Benevides, André Salles-Coelho, Marcus Tafuri, Eliardo França, Roger Mello, Graça Lima, Nelson Cruz, Marilda Castanha, Guto Lins, André Neves, Flavio Fargas, Salmo Dansa, Angelo Abu, Gilles Eduar, Ana Raquel, Laz Muniz, Daniel Kondo, Anna Gobel e muitos outros, tornando-o cada vez mais afiado.

Seu primeiro prêmio literário foi o  João de Barro, com As Pilhas Fracas do Tempo e o Concurso Nacional de Histórias Infantis do Paraná, com Pela Estrada Afora. Depois, vieram vários outros, como os prêmios Nestlé de Literatura, Jabuti e FNLIJ.

Pra conhecer de pertinho os trabalhos deste autor fantástico e versátil (tem que comprar seus livros, claro!) acompanhe-o em sua coluna diária no Twitter, com Frase & Verso, recheado de muito bom humor entre poemas, aforismos, palíndromos e pérolas como: "Deu no Globo.com: "Estado de Chico Anysio piora". Coitado do Ceará...". Conheçam também seu site oficial e a revista eletrônica de cinema Filmes Polvo.

A AEI-LIJ e todos os seus companheiros associados e amigos parabenizam o Leo Cunha pelos 20 anos que vem tornando a caneta em mágica de fazer história e poesia. Mais novidades sobre o Leo vem por aí, aguardem!

Sou Laz Muniz, ilustrador,
e de vez em quando vou rabiscar algumas palavrinhas para vocês, por aqui.
Para escrever sobre o Leo, me baseei em texto formulado por ele mesmo, via seu FaceBook

e informações contidas nos respectivos links na matéria.
Sintam-se em casa!





Um comentário: